CANOLA GANHA IMPORTÂNCIA COMO CULTURA DE INVERNO

17/JUN/2020

 

 

 

 

 


Por: AGROLINK - Eliza Maliszewski
Publicado em 17/06/2020 às 09:40h.

 

Opção de renda, rotação de culturas e combate à pragas.

 


A canola é uma oleaginosa que chama a atenção não só por suas belas flores amarelas mas como uma boa opção ao trigo nos cultivos de inverno. Produz sementes ricas em óleo e hoje em dia a espécie é o terceiro maior fornecedor de óleo vegetal no mundo.
Nos últimos anos vem ganhando espaço no Rio Grande do Sul. Nesta safra são estimados, pela Emater-RS, 34.4 hectares (6,55% a mais do que na safra passada, que foi de 32.3 hectares), em especial nas regiões de Ijuí e Santa Rosa, no Noroeste. A expectativa é de uma produtividade de 1.243 kg de canola por hectare. Na safra passada, de acordo com a Conab, o estado gaúcho colheu 47 mil toneladas. Também há cultivo em menor proporção no Paraná, com 0,5 mil tonelada. Já há experimentos em Goiás e Mato Grosso do Sul. 
A canola pode ser boa opção na rotação de culturas, melhorando o solo e diminuindo incidência de doenças no trigo e outros cereais, diminuindo a dependência de defensivos. Por suas flores se torna atrativo e alimento para as abelhas no inverno, mantendo as colméias saudáveis e aumentando a produção do grão devido a presença do inseto. Além disso pode aumentar a rentabilidade, sendo uma opção de mercado diferente de soja e milho.